Sweet 15- A decoração

Olá bonitos! 😉

 Como eu contei aqui, além de ter ganhado a viagem dos meus sonhos (para a Disney), eu fiz uma pequena festa para comemorar meus 15 anos com familiares e amigos. Diferente da maioria das debutantes, eu escolhi a decoração floral nas cores vermelha, laranja e amarela. Também não quis dama, usei 3 vestidos curtos e dancei com 4 amigos. Enfim, nada tradicional. Meus pais me fizeram uma surpresa: a valsa e as músicas da homenagem foram tocadas por um violinista, um tecladista e um saxofonista. Foi lindo!

 E como é muita coisa para mostrar, vou começar pela decoração.

IMG_8485

IMG_8486

Meu bolo foi bem clássico: todo branco com laços e flores

IMG_8491

IMG_8494

IMG_8619

Bicicletinhas com flores nas cores da festa

IMG_8499

Velas nos degraus ❤

IMG_9124

As velas eram um dos pontos principais da decoração

IMG_8503

IMG_8616

IMG_8617

IMG_8618

Um passarinho fora da gaiola

IMG_8613

IMG_8614

IMG_8615

IMG_8489

A lembrança foi um chinelo com o meu nome

IMG_8611

Os beijinhos foram enrolados com pérolas comestíveis

IMG_8609

IMG_8605

IMG_8488

 A minha festa não foi tradicional, mas prezei muito o clássico, como: bolo branco, velas e arranjos de flores.

O que acharam, meninas? Volto com mais posts sobre a minha festa!

#beijocomglitter

Bia Brandão.

Doce 15

IMG_3143

 Desde bem menina queria descobrir a sensação de virar moça. Falava dos meus 15 anos como se estivesse contando uma história de princesa. Passei anos tentando desvendar o que sentiria hoje e não consegui. Só agora, somente hoje, consegui decifrar o que isso significaria na minha vida.

 Percebi que o tempo passou. Isso se refletiu no espelho. Já não se vê uma menina de tranças. Vê-se agora uma garota, doce e feroz. Que pareça contraditório, eu não ligo! Esse é problema de tentar me descrever, acabo me limitando. E não gosto que me coloquem limites para ser. Pois se sou, sou. Não me escondo atrás de cortinas e nem  de imagem.

 O que sinto agora, não se descreve em palavras. Para tentar resumir: plenitude. E o conto de fadas que eu citei, me parece bem real. Sinto-me uma princesa! E não é pela idade em si, mas pelas circunstâncias que me tornaram eu. É hora de agradecer a Deus e a minha família, que fizeram de mim, tudo isso.

 E logo hoje, que queria encontrar a resposta para tudo que me questionei a vida inteira, não sei expressar e nem dimensionar a minha alegria. Fecha-se um ciclo para que outro se inicie. Que fique claro que o ponto que vem agora é linear, há muita história a ser escrita.

Quase 15: Festa ou viagem? Ainda indecisa

1230

Ok, você acabou de fazer 14 e todo mundo começa a perguntar: vai fazer festa de 15? Normal, todas nós passamos por isso. O grande problema é você não saber responder isso nem a si mesma. Tudo bem que é uma decisão complicada, mas vamos analisar cada aspecto dela? Isso pode te ajudar a decidir!

*15 anos só se faz uma vez na vida. E 16? Nós fazemos duas vezes? É óbvio que não, mas os 15 anos para a garota é um símbolo de um passinho rumo a independência e é a idade do amadurecimento. A festa é um símbolo de que você cresceu, já não é uma menininha e já faz parte da sociedade. Isso não é nem um pouco brega. É apenas uma forma de comemorar uma etapa da sua vida. Se você considera as mudanças que citei, importantes, a festa será uma ótima escolha.

*Espírito de independência é uma qualidade (quando se tem na medida certa) e pode influenciar nessa sua decisão. Eu, por exemplo, sempre quis ser uma garota independente, viajar pelo mundo e conhecer culturas. Escolher uma viagem de presente de 15 anos, pode preencher esses anseios.

*Quando você é um pouco de tudo, assim como eu, a dúvida pode prolongar por um certo tempo. Uma dica: não deixe a decisão para a última hora. Pense, repense e pense mais uma vez. Não tem coisa pior que arrependimento. A viagem ou festa pode até ser legal, mas uma não pode preencher a importância que a outra teria para você. A questão não é o tempo que cada opção duraria e, às vezes, nem o valor. O que mais importa nesse momento é que você se sinta plena com sua escolha. A minha melhor dica é associar a festa e a viagem com a sua personalidade. O que tem mais a ver com você e te deixaria mais feliz nesse momento que está vivendo? Eu sempre preferi festa, mas conheço meninas que trocariam qualquer festa hiper badalada por uma viagem. Isso vai de cada um. Agora, antes de dormir, se imagine numa festa e se imagine viajando. O que você prefere?

Espero que as estratégias tenham servido e que vocês consigam enfrentar essa difícil decisão.

#beijocomglitter

Bia Brandão.

Quase 15: Festa, viagem ou dinheiro?- Parte 1

15

 Você completa 14 anos e já sente o início do confronto interno que vai te acompanhar durante os próximos 12 meses. O que escolher: festa, viagem ou dinheiro? Acertei? Quase toda menina passa por esse dilema. Há algumas que  já estão super decididas e sabem exatamente o que querem, mas isso é raro.

 Normalmente, toda a família se disponibiliza a ajudar a realizar o sonho da menina que fará 15 anos, cada uma de acordo com sua condição financeira. Mas o grande problema está em cada futura debutante: a indecisão. A maioria das meninas tem que abrir mão de um sonho para realizar o outro, já que festas  bem decoradas e viagens não são lá tão baratas. Nesse momento, você entra na aventura de decifrar seu coração, já que tudo isso é realmente muito importante para qualquer garota.

152

 Lembro-me bem das 500 vezes que meus pais perguntaram qual seria a minha escolha de presente (eu sonhava em ir à Disney e ao mesmo tempo, queria uma festa), mas eu usava um critério: o que valeria mais a pena em termos de ser inesquecível. Por mais que isso pareça louco, para a Beatriz de 12/13 anos, uma festa conseguiria reunir todos os sentimentos que eu desejava ter na noite mágica dos meus 15 anos.

O que quero dizer com isso tudo é que o valor sentimental de uma festa, viagem ou dinheiro é diferente para cada garota. O segredo de uma boa escolha é analisar o que irá te preencher naquele momento. Você poderá ter festa de 16, 17, 18 e por aí vai, mas a sua festa de 15 pode ser insubstituível. Assim como você pode ir à Disney com 20, 25 ou 30 anos, porém se você for aos 15 pode ser a melhor viagem da sua vida, porque a maneira como você via o mundo com 15 anos, você não verá nunca mais.

 Veja com os olhos do coração! Daqui para frente, tentarei ajudá-las com esse dilema e vou dividir minhas experiências com todas as meninas que tem quase 15.

#beijocomglitter

Bia Brandão.

Nova coluna do blog: Quase 15

Hola!

 2013 chegou com tudo para o She’s Fashionista e para mim também! Adivinha quem faz 15 anos em abril? Eu mesma! Graças a Deus e aos meus tios, já realizei meu sonho número 1 que era viajar para a Disney. E agora os meus pais se esforçaram e vão realizar aquilo que esperei minha infância inteira: ter minha festa de 15! Gentén, eu estou muito feliz! Sabe o que é sonhar com uma coisa desde que se entende por gente? Estou nas nuvens!

15

 Eu sei que é tudo muito lindo e mágico (é o que estou sentindo), mas promover uma festa de 15 anos dá taaaaaaaaaaaanto trabalho. Eu e meus pais visitamos umas milhares de casas de festas, casas para alugar e buffets, antes de escolhermos o que realmente valeria a pena e combinaria com o meu gosto. Foi assim que eu percebi que além de mim, muitas outras garotas estavam na mesma rotina: preparativos para a festa de 15 anos e/ou indecisas se é realmente isso que querem.

 A ótima notícia que venho trazer é que a partir de agora, vamos compartilhar toda a dificuldade de montar uma festa e vou dar dicas para você, que está com a sua party ainda nos planos. Para as que já estão nessa correria, assim como a blogayra, vão as dicas de como conciliar escola, namorado, amigas, saídas e os preparativos. Fiquem ligadas!

tumblr_meff2vD7aE1qixs7po1_500_largeAh, já ia me esquecendo: vou mostrar para vocês todas as minhas alegrias e agonias nesse trajeto rumo à noite mais mágica da minha vida ❤

#beijocomglitter

Bia Brandão.