Programa de FDS: Peça “Homem de Aluguel”

Hey fashionistas! 🙂

 Como havia dito no Instagram, ontem à noite, fui conferir o monólogo maravilhoso com Danillo Lima e  dirigido pelo Alberto Damit (os mesmos de Pretas Por Ter). Mais uma vez, me diverti muito! Ri do começo ao fim.

 O monólogo conta a história de Gilmar, um homem que, cansado de ganhar pouco, usa sua beleza e sensualidade para trabalhar como homem de aluguel. Além de fazer pequenos consertos, como fazia antes, ele presta outros servicinhos, hahahaha. Para começar sua “carreira”, Gilmar coloca um anúncio na internet e a partir daí é contratado por diferentes tipos de mulheres.

 Se eu contar tudo, acaba perdendo a graça! O que tenho a dizer é que vale a pena assistir, sem dúvida alguma. O roteiro do monólogo em si é ótimo e a atuação do Danillo também é maravilhosa. O que posso resumir é que durante toda a peça, Gilmar tenta desvendar os mistérios do sexo feminino e atender ao máximo seus caprichos.

DSCN2556

 O mais recompensante em assistir, além da diversão, é ver o quanto esse grupo (Cia Baiana do Riso) está trazendo cultura e lazer para minha cidade, Arraial do Cabo. Nossos finais de semana já não são tão vazios! Quero ressaltar também, que continuo insatisfeita com o governo. Cadê a divulgação e o apoio? Cidade que pensa pequeno, nunca crescerá! Que daqui para frente, saibam valorizar trabalhos tão importantes como esse. She’s Fashionista é moda, mas antes de qualquer coisa, eu, Beatriz, sou cidadã. E que venham mais peças, mais risadas e mais cultura!

No próximo post, vou mostrar detalhes do meu look!

#beijocomglitter

Bia Brandão.

Anúncios

Pretas Por Ter

Hey fashionistas!

Ebaaaaaaaaaa, centésimo post do She’s Fashionista! 47 no site antigo e 53 no novo! No domingo passado, eu fui assistir à peça Pretas Por Ter, que comemorou seus 13 anos de estrada  aqui na minha cidade, Arraial do Cabo. A peça é dirigida por Marco Antonio Lucas e Alberto Damit e é uma comédia que envolve uma professora substituta, a inspetora da escola e uma mulher que fala um dialeto não identificado. Todos os personagens são baianos (assim como os atores) e há um trecho narrado pelo cantor Xanddy.

 O que eu mais gostei, é que eles envolvem o público na peça e chamam a plateia para participar de alguns trechos dela. Uma coisa que me chamou muito a atenção é, que no final, todos os atores aparecem sem maquiagem e adereços para fazer os agradecimentos e só então fui perceber o quanto o ator que faz a Marlene é bonito, já que a caracterização o deixava super diferente. Além disso, com as roupas da professora, Arnaldo, que além de diretor, atuou no dia que eu fui, parecia bem mais velho. A maquiagem faz cada coisa com as pessoas… hahaha

ppt

 Uma coisa que vale lembrar é que esses atores têm total amor à profissão, porque é muito difícil se manter financeiramente apenas com o lucro de cada peça. Como a quantidade de público e o local das apresentações nunca são os mesmos, eles levam uma vida instável. Isso tem que ser muito valorizado, já que peças assim, trazem diversão e cultura.

 Se a peça Pretas Por Ter passar pela sua cidade, não perca a oportunidade e vá! É maravilhosa e muito engraçada. O riso é terapia para todos os problemas!

#beijoscomglitter

Bia Brandão.